quarta-feira, junho 30, 2010

Mulheres Independentes

Sou dona de mim, da minha vida e do meu destino
Sigo meu bom senso, minha razão, minha emoção e minha sede de ser livre
Bom é viver assim, sem amarras, sem apego ao passado e
Sem preocupação com questões que ainda não foram superadas,
Pois o mundo ainda precisa evoluir muito,
há muito o que Superar...
Eu penso, reflito e analiso
Sou um ser em constante mutação
Sou “Eu Mesma”, mas não sou “Sempre a Mesma”
Não sou normal, pois ser normal é chato
É repetitivo, e EU gosto de transformações
Gosto de olhar por vários prismas e
Mudar de opinião, de gosto, etc.
A mudança não é somente física,
Mas também é abstrata e intrínseca
A beleza e juventude se vão
Mas o conteúdo da alma permanece ...”
Creditos:Blog Paulinha Coelho

sexta-feira, junho 04, 2010

É como se fosse um livro



Isso tudo aqui,pra mim e parte da minha vida.É como se fosse minha vida escrita página por página,é um pouco de mim,do que eu sinto,do que eu vivo,do que eu desejo,do que eu gostaria de viver,das dores que eu já passei,dos tropeços que levei....Isso tudo aqui é parte do que já se passou na minha vida....É como um livro,com começo,meio e fim,capitulo á capítulo,e como todo livro devemos mudar a página,para dar sequência a história.

É hoje,é hora de mudar a página do meu livro,dar sequência a minha história,ou porque não,começar uma nova HISTÓRIA,é tempo de mudança,e tempo de vira a página,e começar um novo capítulo!