segunda-feira, outubro 25, 2010

Pra você guardei o amor


....Que nunca soube dar

O amor que tive e vi sem me deixar

Sentir sem conseguir provar

Sem entregar

E repartir
 
Pra você guardei o amor

Que sempre quis mostrar

O amor que vive em mim vem visitar

Sorrir, vem colorir solar

Vem esquentar

E permitir
Quem acolher o que ele tem e traz

Quem entender o que ele diz

No giz do gesto o jeito pronto

Do piscar dos cílios

Que o convite do silêncio

Exibe em cada olhar

Guardei

Sem ter porque

Nem por razão

Ou coisa outra qualquer

Além de não saber como fazer

Pra ter um jeito meu de me mostrar
Achei

Vendo em você

E explicação

Nenhuma isso requer

Se o coração bater forte e arder

No fogo o gelo vai queimar


Pra você guardei o amor- Nando Reis e Ana Canãs

sexta-feira, outubro 22, 2010

Eu acredito

....sim que esse mundo tem jeito, ou melhor o mundo não as pessoas das quais o mundo é composto, por que quem faz o mundo são as pessoas.Enquanto não me derem uma explicação plausível,eu sempre acreditarei que o sujeito tem jeito.Pode parecer ideologia da minha parte, mais eu acredito sim, em uma sociedade melhor, onde cada individuo saiba relmente reconher e aceitar as diferenças. O que eu faço pode parecer muito pequeno, nesse mundão de gente, mais com garra e determinação, vou fazendo minha parte, deixando as  pegadas marcadas no chão, de uma sociedade melhor, para meus filhos e netos, que viram a esse mundo.

Minha autoria.



quarta-feira, outubro 20, 2010

Não me deixe só

...Eu tenho medo do escuro


Eu tenho medo do inseguro


Dos fantasmas da minha voz




Não me deixe só
Tenho desejos maiores

Eu quero beijos intermináveis

Até que os olhos mudem de cor



Fique mais, que eu gostei de ter você

Não vou mais querer ninguém

Agora que sei quem me faz bem




Vanessa da Mata- Não me deixe só

sexta-feira, outubro 15, 2010

Talvez

....morrer seria a Única , melhor solução para ambas as partes.

Deitar, dormir....e não acordar, já seria uma opção a ser cogitada e levada em consideração...Não deve ser tão ruim assim, pelo menos ninguém nunca voltou pra reclamar....

Eu quero sim,sempre ser boba!

Antes de começar,quero deixar essa resenha a respeito do texto de Clarice Lispector, que dedico á J.J.F.O, que me fez refletir muito sobre esse texto, e entender que o fato de ser bobo, não é tão ruim assim, pelo contrário, faço até uma bem a ela, pois faço ela, a esperta, acreditar que está á enganar alguém, e isso faz inflar a sua auto-estima. Mas não me vejam com maus olhos, pois não quero em minhas palavras,ressaltar ou evidenciar os defeitos, falta de caráter e frustrações de ninguém,até porque a vida é uma eterna aprendizagem, e é através disso que nos tornamos pessoas melhores ou piores, maduras ou imaturas independente da idade, nos dando assim sanidade mental, afinal sanidade é algo que todos deveria ter porém são poucos que fazem uso, e outros nem á tem, mais enfim isso já seria tema para uma outras discussão, que nesse momento não se encaixa neste contexto.Eu prefiro expressar minhas palavras através de reflexões, que possam ser de grande valor para mim ou qualquer outra pessoas que possa vir a ter contato, é assim que prefiro destacar o que penso a respeito de pessoas ou situações que eu vivencie ou tenha um contato direto ou indireto, acho mais digno, mais transparente, do que ficar trocando farpas, "elogios" de baixo calão, e ofensas que no fim não me levará a nada,eu ainda prefiro optar pela educação,pela classe, pela serenidade, pois assim posso não me tornar melhor que os outros, e também nem gostaria de ser a melhor,prefiro ser sábia,do que a melhor, porque o fato de ser a melhor,me limitaria somente a ser a melhor, e eu deixaria a sabedoria de lado, apenas preocupada em ser melhor que você, e cá entre nós a sabedoria é uma das melhores virtudes do homem, pois leva o sujeito sempre a estar aberto para o novo, para a aprendizagem,para a evolução.
E é isso que eu quero, sempre aprender, aprender com os espertos, mesmo que eu tenha que ser boba, mas mesmo assim sempre estarei aprendendo.Clarice Lispector, essa sim, mulher de sabedoria, sábias palavras no texto Das vantagens de ser bobo, minha inspiração!

Minha autoria











quarta-feira, outubro 13, 2010

Dear John



There's so much I want to say to you, but I'm not sure where I should begin. Should I start by telling you that I love you? Or that the days I've spent with you have been the happiest in my life? Or that in the short time I've known you, I've come to believe that we were meant to be together? I could say all those things and all would be true, but as I reread them, all I can think is that I wish I were with you now, holding your hand and watching for your elusive smile...Wherever you are and no matter what's going on in your life, when it's the first night of the full moon-like it was the first time we met-I want you to find it in the nighttimes’ sky. I want you to think about me and the week we shared, because wherever I am and no matter what's going on in my life, that's exactly what I'll be doing... I love you, John Tyree, and I'm going to hold you to the promise you once made to me. If you come back. I'll marry you. If you break your promise, you'll break my heart.
Love, Savannah.





Querido John.


Trecho do filme: Querido John

domingo, outubro 10, 2010

Segredo.

Só queria entender. Ou ao menos conseguir sentir calada, o que tem dentro de mim. Tô cansada de ser escrava das minhas dúvidas, e nunca abrir uma exceção. Queria poder ter coragem de arriscar e seguir o que eu sinto no momento, mas o medo da decepção não deixa se quer pensar na hipótese. Aos poucos vou criando um casulo no meu coração. "Não mexa, deixe como está". Se encostar, fere. Quero poder tirar o casulo, só tô esperando a coragem bater na minha porta pra poder ver o mundo de novo, com outros olhos, livre. Ou se não... O casulo pode permanecer por mais longos anos.. Basta eu me acostumar, conseguir conviver com tudo isso.. Superando tudo que eu sempre achei que nunca fosse superar.
 
 
 
Dayane Mourão.

Você Saiu

...Mas a porta ainda está aberta. Não consigo encostá-la nem abrir as janelas. Volte pra casa, ou bata a porta, de uma vez.











PS: Porque eu sinceramente, já cheguei ao meu limite, não tenho mais forças para lutar.Isso tudo me consome,me suga e sinto que lá no fundo isso me enfraquece, não deveria ser assim, mais é. Talvez falando tudo isso eu esteja dando um tiro no meu próprio pé, mais e daí,eu não ligo! Porque eu sou gente, gente de carne e osso e que tem sentimento, e enquanto existir sentimento dentro de mim, faço questão de gritar aos quatro cantos desse mundo tudo o que sinto, porque o sentimento é o que se tem de mais valioso no ser humano, quando é verdadeiro, ninguém pode roubar, destruir, ou simplesmente,ordenar que se acabe.
Eu mais do que ninguém posso afirmar,que tentar matar sentimento, é algo impossível!Dói,dói muito, parece uma ferida aberta, que nunca cicatriza, ficar longe me machuca, ficar perto me machuca mais ainda, o que fazer em meio a esse dilema?

Eu só queria ser quem eu era, ter a vida que eu tinha,antes de tudo isso ter acontecido, mais quanto mais eu tento,mais eu vejo que isso é impossível, minha vida virou de cabeça-pra-baixo.Porque você não vem, e bate porta de uma vez? Você não precisa de mim,pelo menos é assim que eu vejo.
Mais eu sei,que um dia tudo isso vai acabar, talvez não seja com um final feliz,igual conto de fadas,mais nesse contos o final é direfente, algo morre,não sei quem,não sei o que,mais algo morre....

sábado, outubro 09, 2010

Lembranças são eternas.

E a vida, se for bem vivida, não será uma só. Porque a vida se vai. As palavras se perdem no tempo. O toque, o pranto, tudo morre na linha do tic tac do relógio. Mas as lembranças não. Elas marcam. Elas ficam. Elas fazem uma mapa que leva ao teu coração. E por mais que você tente, das lembranças você nunca esquecerá, sejam elas boas ou ruins. Elas compõem você. As lembranças são os momentos eternizados. Não voltam. Apenas congelam na sua mente. E eu não renuncio a elas. Porque cada pedaçinho das minhas memórias fazem de mim quem eu construí por dentro. O vento desajeitando meu cabelo enquanto converso com ele, o primeiro "eu te amo" inesperado, a primeira decepção amorosa, o amigo que te estendeu a mão, a mãe que te abraçou e te colocou pra dormr quando seus pesadelos vieram a tona. Deixe as lembranças ruins separadas. Não as esqueça, pois elas fizeram você chegar onde está, mas as separe e evite de pensá-las. Quando você lembra de um momento, você o revive dentro de sua alma. E se eu pudesse escolher reviver algo, eu escolheria reviver o momento em que nasceu em mim o sentimento e a consciência de que eu já não estava mais sozinha, pois havia uma pessoa ao meu lado enxugando minhas lágrimas. Mas eu não preciso reviver isso todos os dias. Ele me faz lembrar de que eu pertenço a ele todos os dias, quando ele me abraça e olha para mim com ternura. Nesse instante, meus olhos eternizam o momentâneo - minha lembrança de como é amar alguém verdadeiramente. Lembranças são eternas, sim.


Kamilla de Muinck

quarta-feira, outubro 06, 2010

Eu acredito muito

na força das palavras. Qualquer pequena frase pronunciada com sinceridade me comove, me espanta, me alegra ou me entristece de uma maneira irreversível. Talvez por isso para mim as promessas tenham tanto valor. Pode ser o juramento mais inocente da face da terra. Não importa. Mas se um singelo e significativo 'juro e prometo' foi dito, ele deve ser cumprido. #