sexta-feira, setembro 24, 2010

Talvez se não existisse o orgulho

De ambas as partes, as coisas seriam de um jeito bem diferente, te desprezar, não me faz tão bem assim,sei lá, não tem tanta graça.Hoje querendo ou não sua presença me incomoda, e sou quase que obrigada a conviver no mesmo espaço que você, e respirar a mesma partícula de ar que você respira, essa vida é mesmo bem sacana!Eu amo odiar você,estranho isso né?Mais é tanto amor, que as vezes se transforma em ódio,ódio esse que no fundo é puro AMOR.

Eu queria poder voltar ao tempo e impedir que eu te conhecesse e que um simples Oi me iludisse tanto. Eu gostaria poder te perdoar, mais não posso. Só quero te dizer que com tudo isso tentarei te esquecer, mesmo com a palavra TE AMO ainda em minha boca, e com todo esse orgulho no peito!