domingo, julho 31, 2011

Observo a mim mesmo em silêncio


Porque é nele onde mais e melhor se diz
Me ensino a ser mais tolerante, não julgar ninguém
E com isso ser mais feliz

Sendo aquele que sempre traz amor
Sendo aquele que sempre traz sorrisos. E permanecendo tranquilo aonde for. Paciente, confiante, intuitivo
Faço de mim
Parte do segredo do universo
Junto à todas as outras coisas as quais
Admiro e converso

Preencho meu peito com luz
Alimento o corpo e a alma
Percebo que no não-possuir
Se encontram a paz e a calma

E sigo por aí viajante
Habitante de um lar sem muros
O passado eu deixei nesse instante
E com ele meus planos futuros
Pra seguir

Música: Morada-Forfun

segunda-feira, julho 11, 2011

Aprendi



Aprendi com os meus próprios erros que sofrer não torna mais poético, chorar não deixa mais aliviado e implorar não traz ninguém de volta. Aprendi também que por mais que você queria muito alguém, ninguém vale tanto a pena a ponto de você deixar de se querer
      Tati Bernardi




domingo, julho 03, 2011

Eu te convido

...a me conhecer melhor, sei que não devo provar a ninguém, quem sou, quais os meus verdadeiros valores, mas sinto  a necessidade de mostrar isso a você, para de tentar me conhecer apenas pelas entrelinhas. 


Sou muito mais do que os seus olhos vêem, sério não estou sendo convencida, as circunstâncias da vida, as surpresas e as peças que a vida nos prega, levam  muitas pessoas a fazer  pré-conceitos do desconhecido, isso é normal, quem nunca fez  que atire a primeira pedra, mas atire em você mesmo, pois sempre vamos fazer isso,  é nato no ser humano, mas podemos nos condicionar a fazer diferente procurando conhecer, antes de fazer pré-julgamentos do desconhecido. As experiências da vida, nos convida a amadurecer a nos tornar pessoas melhores a cada dia, mas como toda regra existem as excessões, sempre vai existir aquele alguém que não aprende com os seus tropeços, com suas quedas e ficam aprisionados a  coisas do passado, mas eu posso te garantir, eu aprendi com todas elas. Eu cresci, amadureci e vi que fui apenas vítima, de todas elas, e por esse motivo hoje eu te convido a me conhecer melhor mas dessa vez sem máscaras, sem me vigiar, sem estar escondido(a) por detrás de alguém é mais digo, é mais limpo.

Entra pode entrar, mas entra pela porta da frente

quarta-feira, junho 29, 2011

Shut the door to the moon


....And let the birds gather
Play no more with the fool
And let the souls wander
And bleed
From the soul
A slow hurt.. and it breaks us..
And so down,
Down, down and so plain
So down
When you play some more it seems so
And my friends are past this game
Of breakdowns
And our friends that are lost at sea..
Throw down
And I'll break the wasted space
Slow down, slow down,
If you don't slow down, slow down
If you don't slow down, slow..
Música: The Moon- The Swell Season( Trilha Sonora do Filme Querido John.)


Essa música toca em uma das cenas mais lindas do filme.Me faltam palavras para falar desse filme.
"O amor verdadeiro, é feito de renuncias"

segunda-feira, junho 27, 2011

Para sua alegria


...as coisas do passado, não me pertence mais...




Isso é sinal de evolução, é sinal de congruência... Aprendi que viver, é entra na loucura do outro sem enlouquecer!



sexta-feira, junho 10, 2011

quarta-feira, abril 13, 2011

A cada dia...

...Minha alegria,o meu sorriso, morre um pouquinho. Por fora eu estampo um sorriso que eu muitas vezes, nem sei como ele surge.
Mais por dentro,ah..por dentro, estou completamente destruída, esbagaçada....em pedaços, e muita gente nem imagina...Não tenho forças pra continuar, nada tem cor, nada faz sentido.....E chego até a questionar, o que eu vim fazer nesse mundo mesmo??E como era de se esperar, não encontro uma explicação se quer.....O meu mundo que era tão colorido, a cada dia fica mais preto & branco....

quinta-feira, abril 07, 2011

Caro amor da minha vida....

...Escrevo-te a ti, que andas por ai à minha procura, numa solidão povoada, vazia e acomodada à espera que a vida te ponha no caminho uma mulher como eu. Não sei como te chamas nem por que inicial começa o teu nome, mas sei que existes, que me esperas e desejas e que um dia farás parte da minha vida.

quinta-feira, março 24, 2011

Só eu sei o quanto está doendo

Eu temia passar por isso de novo, porque só eu sei o quanto foi duro passar por tudo isso, o medo, a angústia, a tristeza, a ansiedade que sempre me acompanhava, e que parecia que nunca chegaria ao fim.
Hoje estou aqui, passando por tudo isso, mais uma vez, mais a diferença é que hoje, eu sei como é estar nessa posição, e antes isso era apenas novo, doloroso, mais novo. Elevo meu pensamento, para encontrar explicações ao que me fez chegar  a  isso novamente, e parece que é em vão, chego até pensar que seja um castigo divido, mais isso logo passa, porque sei que Deus, é Deus de amor, e sobre todas as coisas,sei que o seu cuidar e na base do amor e não do castigo.
Não quero encontrar os culpados, porque  talvez a culpada tenho sido eu mesmo,  mais penso que  se talvez eu tivesse sido diferente, agido diferente, me posicionado diferente, talvez teria dado certo, é talvez se tivesse feito isso tudo diferente, com toda certeza não teria sido eu mesmo, não gosto de fingir ser o que não sou, o falso não me atrai e a mentira não me pertence. Mais o que mais me dói é saber que adiaram meus sonhos, mudaram meus planos, sem ao menos me consultar, sem ao menos saber a importância que aquilo tudo tinha pra mim vida, a sensação que tenho, e que amputaram as minhas pernas, sem qualquer anestesia, simplesmente mutilaram, parte de mim, que era tão  essencial .
Sei que não devo, e nem quero me lamentar, mais só eu sei o quanto está doendo, e essa dor aumenta quanto vejo que os esforços que estou fazendo, não são correspondidos, e a mesma ansiedade, tristeza e angústia que passei a meses atrás, está aqui, ao meu lado novamente.
Tento pensar e enxergar o lado bom de tudo isso, deve existir, eu sei que existe, mais estou completamente cega, vejo a penas a escuridão.Tenho que recomeçar, porque é uma corrida contra ao tempo, mais não sei por onde, e sei que não depende só de mim.
Hoje as feridas estão abertas, mais uma hora elas vão cicatrizar.....

sábado, fevereiro 12, 2011

O jeito é

Ir vivendo ,ninguém nunca me disse que eu sorriria sempre, e que se eu chorasse, seria apenas de felicidade.
Quando eu nasci, ninguém me prometeu que daria tudo certo.
Ninguém me garantiu que meus amores seriam correspondidos, ou que o sucesso andaria sempre junto comigo.
Ninguém me assegurou de que os meus amigos seriam realmente amigos, e que eu sempre teria dias sensacionais! 
Ninguém me convenceu de que eu teria sempre tudo o que quisesse...
Então, eu não posso reclamar de nada! 
A vida não é contrato, a vida é fato!
Não me façam ser quem não sou, não me convidem a ser igual, porque, sinceramente, eu sou diferente!
Não sei e nunca soube amar pela metade.
Não sei viver de mentiras. 
Não sei voar de pés no chão.
Sou sempre eu mesmo(a)! 
E o melhor disso, é saber q mesmo sem contrato, tudo tem sido muito bom, e que as melhores pessoas do mundo, eu já
tenho.

segunda-feira, fevereiro 07, 2011

Eu sei como é tudo isso

Eu sei como é se segurar e deixar para chorar só quando ligar o chuveiro, assim ninguém percebe. Eu sei como é refletir sobre a vida antes de dormir e se certificar de que ninguém está ouvindo para começar a soluçar. Eu sei como é sofrer tão dolorosamente que as vezes você precisa fingir que vai ao banheiro, ou beber água, apenas para lavar o rosto e se recompor. Eu sei como é ter os olhos úmidos e aquele medo de que não seja forte o suficiente para segurar as lágrimas quando está em público. Eu sei como é sentir aquele nó enorme na garganta, que te sufoca, até que você cede e chora. Eu sei como é sentar na cama, pegar o travesseiro e chorar tanto, mas tanto, que se surpreende com o rio que terá que esconder da sua família. Acredite, eu sei como é tudo isso,e é assim que me sinto nesse exato momento.




Autor desconhecido

sábado, fevereiro 05, 2011

sábado, janeiro 29, 2011

Outro tempo começou, pra mim agora

Não vou viver, como alguém que só espera um novo amor
Há outras coisas no caminho onde eu vou
As vezes ando só, trocando passos com a solidão
Momentos que são meus, e que não abro mão
Já sei olhar o rio por onde a vida passa
Sem me precipitar, e nem perder a hora
Escuto no silêncio que há em mim e basta
Outro tempo começou, pra mim agora




Pra rua me levar- Ana Carolina

terça-feira, janeiro 25, 2011

Onde está aquela pessoa menos e mais dessa vida,que a tanto tempo eu espero...


Onde está aquela pessoa que é menos materialista,e mais solidária?
Onde está aquela pessoa que finge menos,e ama mais?
Onde está aquela pessoas que se esconde mesmo,e se mostra mais,mais do que sente e o que pensa?
Onde está aquela pessoa, que quer menos luxo,e mais simplicidade?
Onde está aquela pessoa que quer menos problemas,e mais alegria,mais sorriso,mais esperança de dias melhores?
Ah,eu sei que a de existir,aquela pessoa que a tanto tempo eu espero.
E vou falar baixinho,para que só aquela pessoa ouça....
Seu alguém,se um dia você aparecer,saiba que....




terça-feira, janeiro 04, 2011

Pressa

Temos pressa para ouvir "EU TE AMO". 

Não vemos a hora de que fiquem estabelecidas as regras de convívio: somos namorados, ficantes, casados, amantes? Urgência emocional. Uma cilada.

Associamos diversas palavras ao AMOR: paixão, romance, sexo, adrenalina, palpitação. Esquecemos no entanto da palavra que viabiliza esse sentimento: PACIÊNCIA.

Amor sem paciência não vinga. Amor não pode ser mastigado e engolido com emergência, com fome desesperada. É preciso degustar cada pedacinho do Amor. Mas não! Temos urgência. 

Queremos a resposta do Email ainda hoje, queremos que o telefone toque sem parar, queremos que ele(a) se apaixone assim que souber nosso nome, queremos que ele(a) se renda logo após o 1º beijo e não toleramos recusas, não respeitamos dúvidas, não abrimos espaço na agenda para  esperar.

Pobres de nós, que só queremos uma coisa nessa vida: sermos AMADOS.

Atiramos para todos os lados e somos baleados por qualquer um. E o coração leva um monte de pontos por causa dessa tragédia chamada "PRESSA".


Autoria: Comunidadedo Orkut