terça-feira, janeiro 04, 2011

Pressa

Temos pressa para ouvir "EU TE AMO". 

Não vemos a hora de que fiquem estabelecidas as regras de convívio: somos namorados, ficantes, casados, amantes? Urgência emocional. Uma cilada.

Associamos diversas palavras ao AMOR: paixão, romance, sexo, adrenalina, palpitação. Esquecemos no entanto da palavra que viabiliza esse sentimento: PACIÊNCIA.

Amor sem paciência não vinga. Amor não pode ser mastigado e engolido com emergência, com fome desesperada. É preciso degustar cada pedacinho do Amor. Mas não! Temos urgência. 

Queremos a resposta do Email ainda hoje, queremos que o telefone toque sem parar, queremos que ele(a) se apaixone assim que souber nosso nome, queremos que ele(a) se renda logo após o 1º beijo e não toleramos recusas, não respeitamos dúvidas, não abrimos espaço na agenda para  esperar.

Pobres de nós, que só queremos uma coisa nessa vida: sermos AMADOS.

Atiramos para todos os lados e somos baleados por qualquer um. E o coração leva um monte de pontos por causa dessa tragédia chamada "PRESSA".


Autoria: Comunidadedo Orkut