quinta-feira, março 24, 2011

Só eu sei o quanto está doendo

Eu temia passar por isso de novo, porque só eu sei o quanto foi duro passar por tudo isso, o medo, a angústia, a tristeza, a ansiedade que sempre me acompanhava, e que parecia que nunca chegaria ao fim.
Hoje estou aqui, passando por tudo isso, mais uma vez, mais a diferença é que hoje, eu sei como é estar nessa posição, e antes isso era apenas novo, doloroso, mais novo. Elevo meu pensamento, para encontrar explicações ao que me fez chegar  a  isso novamente, e parece que é em vão, chego até pensar que seja um castigo divido, mais isso logo passa, porque sei que Deus, é Deus de amor, e sobre todas as coisas,sei que o seu cuidar e na base do amor e não do castigo.
Não quero encontrar os culpados, porque  talvez a culpada tenho sido eu mesmo,  mais penso que  se talvez eu tivesse sido diferente, agido diferente, me posicionado diferente, talvez teria dado certo, é talvez se tivesse feito isso tudo diferente, com toda certeza não teria sido eu mesmo, não gosto de fingir ser o que não sou, o falso não me atrai e a mentira não me pertence. Mais o que mais me dói é saber que adiaram meus sonhos, mudaram meus planos, sem ao menos me consultar, sem ao menos saber a importância que aquilo tudo tinha pra mim vida, a sensação que tenho, e que amputaram as minhas pernas, sem qualquer anestesia, simplesmente mutilaram, parte de mim, que era tão  essencial .
Sei que não devo, e nem quero me lamentar, mais só eu sei o quanto está doendo, e essa dor aumenta quanto vejo que os esforços que estou fazendo, não são correspondidos, e a mesma ansiedade, tristeza e angústia que passei a meses atrás, está aqui, ao meu lado novamente.
Tento pensar e enxergar o lado bom de tudo isso, deve existir, eu sei que existe, mais estou completamente cega, vejo a penas a escuridão.Tenho que recomeçar, porque é uma corrida contra ao tempo, mais não sei por onde, e sei que não depende só de mim.
Hoje as feridas estão abertas, mais uma hora elas vão cicatrizar.....